Última hora

no comment

Marcha condena impunidade em massacre de 2009 nas Filipinas

Familiares e amigos das 58 vítimas do massacre na ilha de Midanau, nas Filipinas, marcharam hoje pelas ruas para assinalar os dez anos da tragédia e para exigir mais rapidez à justiça, face ao que consideram ser a impunidade dos responsáveis pelas mortes. O julgamento terminou em julho e é esperada uma decisão final até 20 de dezembro para os quase 100 acusados.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.