Última hora
This content is not available in your region

Espanha decreta confinamento parcial em Madrid

euronews_icons_loading
Espanha decreta confinamento parcial em Madrid
Direitos de autor  Bernat Armangue/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Madrid reconfina parcialmente

A partir desta sexta-feira, várias zonas da comunidade de Madrid estão sujeitas a confinamentos locais.

A medida foi anunciada pelo governo da comunidade que é uma das regiões de Espanha mais afetadas pela epidemia de Covid-19. O país foi um dos mais castigados durante o pico da infeção e está outra vez no topo. O número diário de novas infeções passou, desde junho, das centenas para os milhares.

As novas medidas são vistas com alguma desconfiança: Uma mulher diz que "se o bairro for paralisado, é toda a cidade de Madrid que é paralisada. Ninguém vai sair para os outros bairros para limpar ou cozinhar, felizmente tem a sorte de poder trabalhar em casa". "Quantas mais medidas são tomadas, mais as pessoas têm de ser responsáveis. As pessoas, não o governo", diz outro madrileno.

Jovens

Se a faixa etária em que a Covid-19 pode ter consequências mais graves é a dos mais velhos, são os contágios entre os mais jovens que mais preocupam. Os ajuntamentos de jovens durante o verão ajudaram a fazer aumentar os números e fizeram crescer a percentagem de internamentos de pessoas dos 15 aos 49 anos.

Reino Unido: Procura de testes dispara

Uma política de testagem em larga escala é essencial para conter o avanço da epidemia. O Reino Unido decidiu adotar essa política, mas os centros de testes não estão a conseguir responder à procura.

O primeiro-ministro Boris Johnson foi obrigado a responder: "É patente o grande aumento no número de pessoas que querem ser testadas para saberem se estão ou não infetadas com o coronavírus. Estamos a tentar responder a essa procura a uma velocidade recorde e conseguimos aumentar a capacidade dos nossos sistemas de teste nas últimas semanas", disse o chefe do governo.

República Checa

Testar é também a prioridade na República Checa, que tem o número de infeções mais alto desde o início da pandemia. O governo anunciou novas medidas, incluindo a proibição de eventos em locais fechados que não tenham lugares sentados.