Última hora
This content is not available in your region

Líder do Boko Haram suicidou-se

euronews_icons_loading
Líder do Boko Haram suicidou-se
Direitos de autor  TEL/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Morreu o líder do Boko Haram, um dos maiores grupos terroristas que atua principalmente na Nigéria.

A notícia foi avançada pela France Presse. A agência teve acesso, neste domingo, a uma gravação áudio atribuída ao líder do Estado Islâmico da África Ocidental, um outro grupo terrorista ligado ao Daesh.

Segundo as informações avançadas pela agência de notícias francesa, Abubakar Shekau teria cometido suicídio no dia 18 de maio, para não ser capturado pelo grupo rival durante um confronto.

As dúvidas sobre a alegada morte de Shekau já duram há várias semanas. O Boko Haram ainda não comentou a morte do líder e o exército nigeriano diz que está a investigar.

Se a morte de Abubakar Shekau for confirmada, este pode ser um marco na política de terror praticada pelo grupo.

A Nigéria continua a ser um dos países mais atingidos pelo terrorismo.

Desde 2009, o Boko Haram matou mais mais de 40 mil pessoas no nordeste do país e deu origem a cerca de 2 milhões de deslocados.