EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Tiroteio em Auckland a poucas horas do arranque do Mundial de Futebol Feminino

Polícia vigia entrada de hotel de equipa do Mundial após tiroteio em Auckland
Polícia vigia entrada de hotel de equipa do Mundial após tiroteio em Auckland Direitos de autor AP Photo/Abbie Parr
Direitos de autor AP Photo/Abbie Parr
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Polícia diz que incidente não está relacionado com o Mundial e não afetará organização

PUBLICIDADE

Um tiroteio em Auckland, a maior cidade da Nova Zelândia, saldou-se em pelo menos três mortos e seis feridos, entre os quais um polícia.

O incidente teve lugar num edifício em construção no centro da cidade. O atirador entrou no local e abriu fogo, acabando por ser abatido pela polícia. De acordo com as autoridades, o homem tinha 24 anos, trabalhou anteriormente no local e tinha também um historial de violência familiar.

Chris Hipkins, primeiro-ministro da Nova Zelândia: "O atacante estava armado com uma caçadeira de canos cerrados. Deslocou-se pelo estaleiro, descarregando a arma à medida que avançava. Ao chegar aos pisos superiores do edifício, fechou-se num elevador. Foram disparados tiros e ele foi localizado pouco tempo depois."

O tiroteio teve lugar poucas horas antes do jogo de abertura do Mundial de Futebol Feminino, que decorre na Nova Zelândia e na Austrália.

A FIFA exprimiu "profundas condolências" pelo incidente. A polícia neozelandesa frisou que o tiroteio não afetará a organização do Mundial.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O que fez colapsar o restaurante Medusa em Maiorca?

Ataques com drones provocam vários incêndios em Kharkiv

Pelo menos 75 pessoas morrem devido às cheias no Brasil