EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Papa encontra-se com vítimas de abusos sexuais na Igreja em Portugal

Papa é recebido no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, esta quarta-feira.
Papa é recebido no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, esta quarta-feira. Direitos de autor Armando Franca/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Armando Franca/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Verónica Romano
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Francisco coloca tema dos abusos sexuais em cima da mesa no primeiro dia da sua visita a Lisboa

PUBLICIDADE

No seu primeiro dia na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em Lisboa, o Papa Francisco encontrou-se com 13 vítimas de abusos sexuais na Igreja Católica portuguesa.

O encontro desta quarta-feira aconteceu longe dos holofotes mediáticos e durou mais de uma hora. Seguiu-se a uma missa no Mosteiro dos Jerónimos, em que o pontífice denunciou os abusos e priorizou as vítimas.

Os escândalos desfiguraram o rosto da instituição e apelam a uma purificação humilde e constante, partindo do grito angustiado das vítimas, que devem ser sempre acolhidas e escutadas.
Papa Francisco

Francisco falou ainda da "desilusão" e da "raiva que alguns alimentam em relação à Igreja" devido aos abusos.

Em fevereiro, a Comissão Independente para o Estudo dos Abusos Sexuais contra as Crianças na Igreja Católica Portuguesa apresentou o seu relatório final, que apontava 4.815 vítimas desde 1950. Alguns dos alegados abusadores permanecem no ativo.

O pontífice vai celebrar a última missa da JMJ, no domingo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Igreja dividida em questões fraturantes no arranque de Sínodo dos Bispos

Ativistas pedem lei de "tolerância zero" sobre abusos na Igreja

Papa Francisco visita Portugal, que enfrenta um ajuste de contas com o abuso sexual de menores na Igreja