EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Kupiansk: Vivendo na linha da frente

População civil ucraniana é retirada de zonas bombardeadas pela Rússia
População civil ucraniana é retirada de zonas bombardeadas pela Rússia Direitos de autor Bram Janssen/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Bram Janssen/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Luis GuitaEuronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Rússia tenta voltar a ocupar Kupiansk, Ucrânia ordena a evacuação da cidade mas há residentes que insistem em ficar. A Cruz Vermelha ajuda a retirar os que querem sair.

PUBLICIDADE

À medida que os russos tentam voltar a ocupar a cidade de Kupiansk, perto da fronteira russa, a região tornou-se demasiado perigosa para os civis.

As autoridades ucranianas ordenaram a evacuação obrigatória de partes de Kupiansk e das aldeias vizinhas, mas alguns residentes insistem em ficar.

Os que estão prontos a partir, a Cruz Vermelha está a retirar para a cidade vizinha de Kharkiv, que é regularmente bombardeada pela Rússia.

"Quero muito voltar para casa. Fiz tudo com as próprias mãos. Apesar da minha casa ser pequena, fui eu que construí. Tudo,  com garagem, cave e pocilga," explica um residente.

“Morreram todos. Fiquei sozinha e já disse que não vou a lugar nenhum. Temos tudo: água, luz, gás. Temos tudo, mas não sei se teremos aquecimento para o inverno," diz uma residente.

"Acho que os espertos já foram embora. Não entendo porque ficam e se colocam em perigo. Entendo que algumas pessoas digam 'economizei toda a vida, para uma TV ou algumas coisas pessoais', mas os mísseis não discriminam. A vida não deveria terminar assim," afirma o Comandante da Unidade de Resposta Rápida da Cruz Vermelha Ucraniana para a região de Kharkiv, Klim.

Kupiansk foi uma das primeiras cidades ucranianas capturadas pela Rússia no início da invasão. Esteve ocupada entre 27 de fevereiro e 10 de setembro de 2022. Agora, este importante entroncamento ferroviário na região de Kharkiv volta a ser mencionado com grande frequência nos relatórios militares

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataque a evacuação de Kherson faz três mortos

Ucrânia ordena evacuação de Kupiansk

Voluntários ucranianos procedem à evacuação da cidade de Bakhmut