EUA criam 200.000 novos empregos em janeiro

EUA criam 200.000 novos empregos em janeiro
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Economistas dizem que pouco se deve à ambiciosa reforma fiscal de Donald Trump

PUBLICIDADE

O mercado do trabalho vai bem nos Estados Unidos, mas não é uma consequência da reforma fiscal de Donald Trump.

Foram criadas 200.000 novas vagas de emprego em janeiro, acima das 180.000 previstas pelos analistas e o salário médio por hora voltou a subir, elevando para 2,9% o aumento anual, o nível mais alto desde junho de 2009.

O desemprego manteve-se, pelo quarto mês consecutivo, nos 4,1%, o valor mais baixo desde o ano 2000.

Se o presidente defende que as suas políticas fiscais são responsáveis pela criação de emprego, os economistas dizem que, com o mercado de trabalho próximo do pleno emprego, pouco se deve à ambiciosa reforma que Trump fez aprovar no Congresso em dezembro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Relatório revela que mercado alemão continua a ser o que enfrenta mais dificuldades na Europa

Imposto sobre as sucessões na Europa: como variam as regras, as taxas e as receitas?

Como é que o ataque do Irão a Israel poderá ter impacto nas mercadorias?