Madona de Donatello passa da rua para um museu

Euronews
Euronews Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Madona de terracota do escultor renascentista Donatello, descoberta numa fachada de Florença em 2009, passou a integrar coleçâo do Museu Bargello

PUBLICIDADE

É conhecida como a Madona da Via Pietrapiana. O relevo em terracota do escultor renascentista Donatello esteve, durante séculos, à vista dos habitantes deste edifício e de todos os que passavam por esta rua do centro da cidade italiana de Florença.

A escultura só foi atribuída a Donatello em 2009 e, desde então, os residentes do edifício, que eram os proprietários, optaram pelo armazenamento da obra antes de a venderem ao Estado italiano.

Mas também encomendaram uma cópia para não se privarem do olhar protetor da Madonna sobre as suas casas.

Enrico Minelli, advogado dos antigos co-proprietários da escultura de Donatello:"Estavam emocionalmente ligados a esta obra de arte e, de qualquer modo, ela fazia parte do condomínio. Qualquer pessoa que andasse por estas ruas de Florença podia ver e encontrar-se em frente a um Donatello, o que é uma das peculiaridades de Florença."

A Madona de terracota, com mais de 600 anos, respeita uma tradição que remonta à Idade Média, tendo como função proteger as casas e ruas circundantes.

Paola D'Agostino, directora do Museu Bargello:"O que é absolutamente único nesta história é o facto de, desde o século XIX, todas ou a maior parte destas obras de arte terem sido retiradas e colocadas em museus ou colocadas em segurança. Em vez disso, a Madonna da via Pietrapiana, até muito recentemente, de acordo com o seu historial, estava no exterior de um prédio de apartamentos numa rua de Florença e ninguém tinha reparado nela."

Luca Palamara, Euronews:"Após alguns séculos de permanência na fachada de um edifício numa rua movimentada do centro de Florença, a escultura do grande mestre do Renascimento regressa ao seu lugar mais natural, a apenas 500 metros de distância, no Museu Bargello."

Na sala do museu, é uma perfeita ilustração da beleza da arte de Donatello.

Paola D'Agostino, directora do Museu Bargello:"Donatello participa, com Brunelleschi e Ghiberti, na redescoberta da terracota tal como os antigos romanos a trabalhavam, lendo as fontes, sobretudo para criar obras em grande escala e, por isso, tinha uma grande capacidade de modelação."

Foi apenas há poucas semanas que a Madona de terracota de Donatello mudou de residência, enriquecendo a já preciosa coleção do grande escultor renascentista no museu Bargello de Florença.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Conheça as esposas tradicionais: as influenciadoras anti-feministas que defendem os valores tradicionais

Polícia apreende 72 armas em casa do ator francês Alain Delon

Uma mãe e arquiteta de origem iraniana é a nova Miss Alemanha