EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

"O mundo livre está convosco": Blinken tocou "Rockin' in the Free World" num bar em Kiev

Antony Blinken toca guitarra na sua visita surpresa a Kiev
Antony Blinken toca guitarra na sua visita surpresa a Kiev Direitos de autor Brendan Smialowski/Pool photo via AP
Direitos de autor Brendan Smialowski/Pool photo via AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Secretário de Estado norte-americano, de visita à Ucrânia, tocou guitarra num bar da capital e disse a quem assistia que os ucranianos têm o apoio dos Estados Unidos e do mundo livre.

PUBLICIDADE

O secretário de Estado dos EUA cantou e tocou guitarra num clube noturno em Kiev, na terça-feira. Antony Blinken chegou à Ucrânia na terça-feira de surpresa, para uma visita de dois dias, com o objetivo de assegurar aos ucranianos que podem continuar a contar com o apoio dos EUA.

Num momento descontraído da visita, no bar Diktat, em Kiev, Blinken tocou com a banda ucraniana The 1999 o tema "Rockin' in the Free World", de Neil Young, que foi lançado em 1989 após o cancelamento de um concerto planeado na União Soviética.

Antes de começar a tocar, Blinken disse à assistência: "Têm de saber que os Estados Unidos estão convosco, que grande parte do mundo está convosco e que estão a lutar, não apenas por uma Ucrânia livre, mas por um mundo livre. E o mundo livre também está convosco".

Durante a visita a Kiev, Blinken reafirmou o compromisso dos Estados Unidos no seu apoio a Kiev e garantiu que milhões de dólares em armamento estão a caminho da Ucrânia.

Esta é a quarta visita de Blinken a Kiev desde que a Rússia invadiu a Ucrânia. Responsáveis norte-americanos realçaram que, desde que o presidente Biden assinou o decreto que garantiu a Kiev mais ajuda financeira e militar, os Estados Unidos já anunciaram 1,4 mil milhões de dólares em ajuda militar a curto prazo e seis mil milhões em assistência a longo prazo.

De acordo com os analistas, a Ucrânia enfrenta um dos momentos mais perigosos desde o início da guerra com a Rússia, em fevereiro de 2022. A região de Kharkiv, onde os russos abriram uma nova frente ofensiva, tem sido atingida por novos ataques nos últimos dias, que já fizeram várias vítimas mortais e danificaram edifícios residenciais.

Devido às dificuldades internas, Zelenskyy cancelou mesmo uma visita programada para sexta-feira a Espanha e Portugal. Apesar de não haver ainda confirmação oficial do Governo português, a casa real espanhola já informou que o presidente ucraniano não virá à Península Ibérica, ao contrário do que tinha sido anunciado no início da semana.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Blinken faz visita surpresa a Kiev para dar "sinal de tranquilidade" aos ucranianos

Rússia ganha terreno na região de Kharkiv, quase seis mil ucranianos retirados da zona fronteiriça

Pelo menos sete pessoas morrem em Belgorod com obus ucraniano