EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Itália, França, Espanha: Qual é o pior país europeu para os carteiristas?

Os especialistas em comparação de seguros de viagem da Quotezone.co.uk publicaram um relatório que classifica os países europeus quanto ao risco de serem roubados.
Os especialistas em comparação de seguros de viagem da Quotezone.co.uk publicaram um relatório que classifica os países europeus quanto ao risco de serem roubados. Direitos de autor Jeff Ackley
Direitos de autor Jeff Ackley
De  Rebecca Ann Hughes
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

Eis os países onde é mais provável correr o risco de ser alvo de carteiristas e como se pode proteger contra eles.

PUBLICIDADE

Todos os anos, milhares de pessoas passam pelo pesadelo de verem os seus objetos de valor roubados no estrangeiro. Os turistas são frequentemente visados, uma vez que estão menos atentos ao que os rodeia.

Em zonas movimentadas e em torno de atrações populares, os viajantes têm de estar particularmente atentos para evitarem ser vítimas.

Onde é mais provável que se corra o risco de ser vítima de carteiristas e como se pode proteger contra eles?

Qual é o pior país europeu para os carteiristas?

Os especialistas em comparação de seguros de viagem da Quotezone.co.uk publicaram um relatório que classifica os países europeus quanto ao risco de ser vítima de carteiristas.

A empresa utilizou comentários de viajantes para calcular o número de menções de carteiristas nas cinco principais atrações turísticas de cada país.

De acordo com o Índice Europeu de Carteiristas da Quotezone, o destino com maior probabilidade de ser vítima de carteiristas é a Itália.

Os visitantes do Coliseu, da Fonte de Trevi e do Panteão de Roma, da Catedral de Milão e da Gallerie degli Uffizi em Florença mencionaram o roubo de objetos em 1906 comentários de viagens online em 2022.

Isto equivale a 463 menções de carteiristas por cada milhão de visitantes das principais atrações turísticas de Itália, a proporção mais elevada de qualquer país europeu.

A França tem o segundo maior número de menções de carteiristas, com 283 por milhão de visitantes. As cinco atrações que a Quotezone monitorizou situam-se na capital, Paris.

Os Países Baixos ficaram em terceiro lugar no índice de furtos por carteiristas.

Apesar da reputação de Barcelona em matéria de furtos por carteiristas, a Espanha ficou apenas em sexto lugar na lista. As críticas tiveram cinco vezes menos menções de furto do que em Itália.

Os países com menos relatos de furtos foram a República da Irlanda, com 30 menções por milhão de visitantes, e a Polónia, com 18.

Quais são as melhores formas de se proteger contra os carteiristas?

"O roubo pode acontecer em qualquer lugar e os pontos turísticos são locais convenientes para os criminosos atacarem as carteiras dos turistas enquanto estes estão ocupados a visitar os locais", afirma Greg Wilson, fundador e diretor executivo da Quotezone.

"Atrações icónicas como a Torre Eiffel em Paris e a Fonte de Trevi em Roma são particularmente populares entre os carteiristas, uma vez que se podem movimentar mais discretamente entre grandes multidões."

Wilson recomenda que os visitantes deixem os objetos de valor, como jóias caras, num cofre no hotel. Wilson também sugere viajar com um saco seguro ao tiracolo com fecho para manter os telemóveis e as carteiras seguros ou mesmo uma bolsa de pôr à cintura.

Tente nunca deixar objetos pessoais sem vigilância porque as companhias de seguros de viagem exigem que os viajantes tomem "cuidados razoáveis" e podem rejeitar pedidos de seguro por roubo se os objetos forem deixados sozinhos", adverte.

"Também é importante lembrar-se de obter um relatório da polícia para a perda ou roubo de um item se tiver sido roubado, uma vez que isso irá apoiar o pedido de seguro."

É também uma boa ideia ter cópias de documentos importantes e guardá-los online. Descarregue uma aplicação "find my phone" e certifique-se de que tem uma cópia de segurança de todos os seus dados e que as suas fotografias são carregadas automaticamente para o armazenamento online, caso o seu telemóvel seja roubado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mortes e ferimentos graves provocados por turbulência são raros, mas as alterações climáticas estão a agravá-los

Um morto e vários feridos devido à turbulência num voo de Londres para Singapura

Nova legislação sobre o álcool põe fim ao turismo de "sol, sexo e sangria" em Ibiza e Maiorca