EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
Presidente de França no aeroporto de Port Vila, em Vanuatu

Vídeo. Macron promove o orgulho francês em digressão pelo Pacífico

"A Nova Caledónia é francesa porque decidiu continuar francesa", afirmou Emmanuel Macron em Nouméa, esta quarta-feira, antes de seguir viagem 630 quilómetros para norte, para Vanuatu, onde chegou poucas horas depois de um sismo que chegou a fazer disparar os alertas de tsunami.

"A Nova Caledónia é francesa porque decidiu continuar francesa", afirmou Emmanuel Macron em Nouméa, esta quarta-feira, antes de seguir viagem 630 quilómetros para norte, para Vanuatu, onde chegou poucas horas depois de um sismo que chegou a fazer disparar os alertas de tsunami.

O Presidente de França anda em digressão por aquela região do Pacífico a promover o espírito olímpico numa altura em que se inicia a contagem decrescente para os Jogos Olímpicos de Paris em 2024.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O vídeo mais recente

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE