EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Milhares despedem-se de Sinéad O'Connor

Funeral de Sinéad O'Connor
Funeral de Sinéad O'Connor Direitos de autor Liam McBurney/PA
Direitos de autor Liam McBurney/PA
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O cortejo fúnebre desfilou ao longo da orla marítima de Bray, uma pequena cidade a sul de Dublin onde a cantora viveu durante 15 anos.

PUBLICIDADE

Milhares de fãs assistiram esta terça-feira à passagem do do cortejo fúnebre de Sinéad O'Connor.

Após uma cerimónia privada durante a manhã, na qual participou o presidente irlandês Michael Higgins, o primeiro-ministro Leo Varadkar e artistas como Bob Geldof e Bono Vox, o cortejo fúnebre desfilou ao longo da orla marítima de Bray, uma pequena cidade a sul de Dublin onde Sinéad O'Connor viveu durante 15 anos.

Foi saudado por uma multidão emocionada que caminhou ao lado do carro funerário.

O cortejo passou em frente à antiga casa da cantora, onde foram depositadas muitas coroas de flores desde o anúncio da sua morte, a 26 de julho.

"A manifestação de tristeza e as homenagens à vida e à obra de Sinéad O'Connor são o testemunho do profundo impacto que teve no povo irlandês", escreveu o presidente Michael Higgins, num comunicado, sublinhando a "contribuição única" da cantora, a sua "grande vulnerabilidade" e a sua "soberba criatividade".

"Tudo isto partiu de um só coração, de um só corpo e de uma só vida, que arrancou uma dor incrível, talvez demasiado pesada para ser suportada", acrescentou.

Na cerimónia que antecedeu o cortejo, o Imã Umar Al-Qadri, presidente do Conselho Muçulmano Irlandês, rezou uma oração em memória de Sinead, que se converteu ao Islão em 2018, mudando o seu nome para Shuhada'Sadaqat.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Cabra de cerâmica do rei Carlos III é vendida em leilão por 13 000 euros

Dos ursos polares aos dragões de lava: as fotos dos Drone Photo Awards 2024 vão deixá-lo de queixo caído

Exposição mostra o génio sempiterno de Michelangelo