EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Quatro turistas mortos e cinco desaparecidos durante onda de calor na Grécia

A Grécia está a enfrentar uma onda de calor
A Grécia está a enfrentar uma onda de calor Direitos de autor Petros Giannakouris/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Petros Giannakouris/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Estão a decorrer as buscas pelos desaparecidos. As vítimas mortais são turistas de idade avançada que saíram para caminhar em horas de temperaturas elevadas.

PUBLICIDADE

Esta época de férias na Grécia está a ser marcadas por uma série de mortes e desaparecimentos, numa altura em que o país está a enfrentar uma onda de calor. Nas últimas semanas, morreram quatro turistas e outros cinco estão desaparecidos.

Nesta altura, decorrem as buscas pelos desaparecidos. Entre estes está um norte-americano de 59 anos, um casal israelita que estava em Vytina e duas mulheres francesas, de 64 e 73 anos, que são procuradas na ilha de Sikinos.

Em comunicado, o chefe da equipa de salvamento de Samos, Dimitris Katatzis, diz que as buscas são dificultadas porque os turistas, muitas vezes inconscientes do perigo, "saem do caminho" para ver algo e depois perdem-se. "Ontem, vimos um casal de estrangeiros a caminhar num trilho, com temperaturas de 41 graus, sem chapéu".

Nas últimas semanas, as autoridades encontraram quatro turistas sem vida, depois de vários dias de buscas. O primeiro caso e o mais mediático foi o do apresentador da BBC Michael Mosley, que foi encontrado morto após quatro dias de busca em Symi. Seguiram-se as mortes de um cidadão holandês, um belga e um norte-americano.

Estas mortes estão ainda a ser investigadas, mas parecem seguir um padrão. Em pelo menos em três destes casos, tratavam-se de turistas de idade avançada que saíram para caminhar em alturas de elevadas temperaturas.

Onda de calor

Estes desaparecimentos decorrem numa altura em que o país enfrenta uma onda de calor, que também se estende aos países vizinhos. As temperaturas já chegaram aos 44 graus. Nesta semana, prevê-se que se mantenham acima dos 30 graus. As escolas estão fechadas e foram emitidos alertas de incêndio.

As autoridade de saúde pública da Grécia (EODY) está a aconselhar os cidadãos a manterem-se à sombra, hidratar-se com frequência e evitar viagens longas de transportes públicos. As pessoas idosas, em particular, são aconselhadas a deslocarem-se para locais mais frescos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Europa afetada por ondas de calor, tempestades e inundações

Acrópole de Atenas encerrada devido à vaga de calor que assola a Grécia: o que os viajantes precisam de saber

Onda de calor na Grécia impede visitas à Acrópole de Atenas