EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

Ativistas iraquianas da etnia Yazidi galardoadas com o Prémio Sakharov

Vídeo. Ativistas iraquianas da etnia Yazidi galardoadas com o Prémio Sakharov

O Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento foi entregue este ano a duas ativistas da etnia yazidi, as iraquianas Nadia Murad e Lamiya Aji Bashar.

O Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento foi entregue este ano a duas ativistas da etnia yazidi, as iraquianas Nadia Murad e Lamiya Aji Bashar.

A distinção é entregue todos os anos, desde 1988, pelo Parlamento Europeu a individualidades ou organizações que se destaquem na defesa dos direitos humanos e das liberdades fundamentais. O prémio tem um valor monetário de 50 mil euros e foi entregue às galardoadas deste ano pelo Presidente do Parlamento Europeu, o alemão Martin Schulz.

Nadia Murad e Lamiya Aji Bashar são sobreviventes da escravatura sexual do grupo terrorista autoproclamado Estado Islâmico (“Daesh”/ ISIL) e tornaram-se porta-vozes das mulheres vítimas da campanha de violência sexual daquela organização “jihadista”. As iraquianas sucedem na distinção ao “blogger” saudita Raif Badawi.

Nadia Murad and Lamiya Aji Bashar awarded the 2016 #SakharovPrize! Retweet to spread their message of courage! pic.twitter.com/eGnz1Jir3y

— European Parliament (@Europarl_EN) 13 de dezembro de 2016

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O vídeo mais recente

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE