EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

"Extremamente interessante": Arqueólogos descobrem edifício de pedra misterioso no local do novo aeroporto de Creta

As ruínas de um edifício com 4.000 anos, recentemente descoberto na ilha de Creta, são vistas de cima.
As ruínas de um edifício com 4.000 anos, recentemente descoberto na ilha de Creta, são vistas de cima. Direitos de autor Greek Culture Ministry via AP
Direitos de autor Greek Culture Ministry via AP
De  Nicholas Paphitis com AP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

Prevê-se que o aeroporto seja o segundo maior da Grécia quando for inaugurado.

PUBLICIDADE

Uma descoberta arqueológica em Creta está a intrigar os especialistas e pode impedir a construção de um novo aeroporto importante.

O edifício redondo de pedra foi descoberto por arqueólogos no local onde deveria ser construída a estação de radar do novo aeroporto grego.

O objetivo original do edifício intriga os especialistas. "Pode ter sido utilizado periodicamente para cerimónias rituais que envolviam o consumo de alimentos, vinho e talvez oferendas", declarou o Ministério da Cultura grego em comunicado.

Foi decidido que a descoberta não impedirá a construção do aeroporto. A ministra grega da Cultura, Lina Mendoni, prometeu que o achado seria preservado, enquanto se procuraria um local diferente para a estação de radar.

"Todos nós compreendemos o valor e a importância do património cultural... bem como o potencial de crescimento" do projeto do novo aeroporto, diz Mendoni, ela própria arqueóloga.

"É possível avançar com o aeroporto e, ao mesmo tempo, conceder às antiguidades a proteção que merecem".

Com inauguração prevista para 2027, o aeroporto de Creta deverá substituir o segundo maior aeroporto grego, o de Heraklion, e foi concebido para receber até 18 milhões de passageiros por ano.

35 sítios arqueológicos descobertos no local

O Ministério da Cultura grego afirmou esta semana que a estrutura é um "achado único e extremamente interessante" da civilização minóica de Creta, famosa pelos seus sumptuosos palácios, arte extravagante e sistema de escrita enigmático.

Não é o primeiro achado no sítio do aeroporto. Até à data, foram descobertos pelo menos mais 35 sítios arqueológicos durante as obras do novo aeroporto de Kastelli e das suas ligações rodoviárias, informou o ministério.

No final do século passado, um povoado fortificado no topo de uma colina, datado do terceiro milénio a.C., foi escavado e destruído durante as obras de construção do Aeroporto Internacional de Atenas.

Uma descoberta única e 'extremamente interessante'

Parecendo uma enorme roda de carro vista de cima, as ruínas do labiríntico edifício de 1800 metros quadrados vieram à luz durante uma recente escavação efetuada por arqueólogos.

O local estava destinado a uma estação de radar para servir um novo aeroporto em construção perto da cidade de Kastelli.

Os arqueólogos ainda não sabem para que servia a estrutura no topo da colina. Ainda está a ser escavada e não se conhecem paralelos minóicos. Por enquanto, os especialistas especulam que poderá ter sido utilizada para um ritual ou função religiosa.

Rodeada por oito muros de pedra escalonados com 1,7 metros de altura, a estrutura interior estava dividida em espaços mais pequenos e interligados e pode ter tido um telhado cónico pouco profundo.

A declaração do ministério diz que não parece ter sido uma habitação e que os achados do seu interior incluem uma grande quantidade de ossos de animais.

"A sua dimensão, a sua arquitetura e a sua construção cuidadosa exigiam uma mão de obra considerável, um saber-fazer especializado e uma administração central robusta", afirma, acrescentando que se tratava certamente de um tipo de edifício comunal que se destacava em toda a área.

Segundo o ministério, o edifício foi utilizado principalmente entre 2000 e 1700 a.C. e foi fundado por volta da altura em que os primeiros palácios de Creta estavam a ser construídos - incluindo em Knossos e Phaistos.

Algumas das suas características são comparáveis às dos primeiros túmulos minóicos em colmeia, encimados por telhados cónicos escalonados, e aos túmulos de outras regiões da Grécia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O fim do Airbnb em Barcelona: o que é que o sector do turismo tem a dizer?

Atrasos e cancelamentos de voos devido à falha da Microsoft: chegue cedo ao aeroporto, pedem as companhias aéreas

Onda anti-turismo continua e há cocó espalhado pelas caixas das chaves dos apartamentos em Sevilha